Monthly Archives: Julho 2011

Mnemosine ou a arte de reconstrução das imagens

bertulino de souza

Memórias são vidas, sonhos, desejos, negação ou aceitação, são imagens em movimento e assim reconstroem-se na medida em que são solicitadas, desejam-se ideias no sentido platónico da palavra. Parto destas daqui para pensar, reconstituir e redesenhar como se deu a recolha de dados da tese de doutoramento em Antropologia Social e Cultural, tendo como foco, duas unidades dos Caps – Centros de Atenção Psicossocial que lidam com transtorno mental em Natal – Rio Grande do Norte (Brasil) e, também, o que elas podem eventualmente significar para a continuidade do trabalho.

Como recurso metodológico, realizo aqui um bricolage que utiliza fragmentos do filme Inception (2010) de Christopher Nolan para requisitar e indissociar a memória como produto e produtora de novos sentidos e, como tal, navego pela complexidade da trama cinematográfica, das notas de terreno e das imagens do cotidiano de usuários através de eventos a eles relacionados.

Com isto, considero um triplo movimento que pode permitir compreender a relação que estabeleço entre o cinema, as notas de terreno e outras imagens. Revelo com a ação do bricoleur a inquietação da recolha de dados representada pelos medos e angústias, mas, sobretudo, a interação crescente com a atividade de terreno e com os diferentes sujeitos da investigação: utentes, técnicos e familiares, personagens que me proporcionaram e proporcionam um mergulho antropológico nas suas sensibilidades. Continuar a ler

Anúncios
%d bloggers like this: